Amapá recebe fibra ótica para banda larga da RNP

Aproveitando a infraestrutura do linhão de Tucuruí (PA), o Amapá se tornou o último Estado brasileiro a receber infraestrutura de fibra ótica para serviço de banda larga da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). O projeto foi realizado em parceria com a operadora CompuService e viabilizado em março. Até então, o braço da rede Ipê da RNP para os amapaenses só contava com infraestrutura de rádio, com velocidade de 150 Mbps e link secundário (também via rádio) de 75 Mbps. Com o novo backbone, a conexão foi atualizada para 250 Mbps, sendo 100 Mbps por fibra e 150 Mbps com rádio, com possibilidade de aumentar para 300 Mbps nos próximos meses.

A RNP agora pretende avançar na inclusão digital, nos acessos a serviços públicos de governo e no uso da infraestrutura por parte de empresas privadas. Entre os projetos, está a instalação de Wi-Fi nos campi Marco Zero e Santana da Universidade Federal do Amapá (Unifap).

2 COMENTÁRIOS

  1. Olá! Pelo que soube antes da RNP a Oi chegou via fibra ao Amapá em março de 2014 via cabo submarino e parceria com a Guaycom das Guianas Francesas. A rota era Fortaleza, Cayenne, Oiapoque, Calçoene até chegar em Macapá.

    • Olá Everton. Agradecemos pelo comentário. Já editamos a nota para deixar claro que se trata da chegada da primeira fibra da RNP. Obrigado.

Deixe uma resposta para Bruno do Amaral Cancelar resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.