Amapá recebe fibra ótica para banda larga da RNP

Aproveitando a infraestrutura do linhão de Tucuruí (PA), o Amapá se tornou o último Estado brasileiro a receber infraestrutura de fibra ótica para serviço de banda larga da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). O projeto foi realizado em parceria com a operadora CompuService e viabilizado em março. Até então, o braço da rede Ipê da RNP para os amapaenses só contava com infraestrutura de rádio, com velocidade de 150 Mbps e link secundário (também via rádio) de 75 Mbps. Com o novo backbone, a conexão foi atualizada para 250 Mbps, sendo 100 Mbps por fibra e 150 Mbps com rádio, com possibilidade de aumentar para 300 Mbps nos próximos meses.

A RNP agora pretende avançar na inclusão digital, nos acessos a serviços públicos de governo e no uso da infraestrutura por parte de empresas privadas. Entre os projetos, está a instalação de Wi-Fi nos campi Marco Zero e Santana da Universidade Federal do Amapá (Unifap).

2 COMENTÁRIOS

  1. Olá! Pelo que soube antes da RNP a Oi chegou via fibra ao Amapá em março de 2014 via cabo submarino e parceria com a Guaycom das Guianas Francesas. A rota era Fortaleza, Cayenne, Oiapoque, Calçoene até chegar em Macapá.

    • Olá Everton. Agradecemos pelo comentário. Já editamos a nota para deixar claro que se trata da chegada da primeira fibra da RNP. Obrigado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.