Apple apresenta queda de 22% no lucro e receita estável no 3º trimestre fiscal

A Apple encerrou o terceiro trimestre do ano fiscal de 2013, em 29 de junho, com lucro líquido de US$ 6,9 bilhões, o que representa um declínio de 22% ante os US$ 8,8 bilhões computados no mesmo exercício fiscal passado. A receita da companhia totalizou US$ 35,3 bilhões e se manteve estável em comparação com os US$ 35 bilhões do terceiro trimestre do ano fiscal anterior.

A companhia vendeu, no período, 31,4 milhões de iPhones, 20% a mais que as 26 milhões de unidades do mesmo exercício fiscal passado. Já o número de iPads foi menor: 14,6 milhões de unidades ante 17 milhões de unidades na mesma base comparativa. A venda dos computadores Mac também sofreu ligeira queda, caindo de 4 milhões de unidades no terceiro trimestre do ano fiscal de 2012 para 3,7 milhões de unidades no atual exercício fiscal.

O conselho de administração da empresa declarou ainda um dividendo em dinheiro de US$ 3,05 por ação ordinária. O dividendo será pago em 15 de agosto aos acionistas registrados no fechamento dos negócios até 12 de agosto.

Os números apresentados foram ao encontro das estimativas de analistas do mercado. No mês passado, Peter Misek, da consultoria Jefferies Research, cortou o preço-alvo dos papéis da fabricante alegando preocupações com o enfraquecimento das vendas de iPhone, reduzindo a estimativa de vendas do smartphone de 30 milhões de unidades para 27 milhões de aparelhos. Já a receita estimada pelo analista foi de US$ 36,6 bilhões, acima do computado pela companhia no período.

Os resultados não agradaram os investidores. As ações da companhia, que já apontavam queda durante o dia na bolsa eletrônica Nasdaq, fecharam o pregão cotadas a US$ 418,99, declínio de 1,72% em relação ao fechamento do pregão anterior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.