Cisco lança iniciativa de cibersegurança com aceleradora de startups

Em parceria com a aceleradora de startups Distro, a Cisco anunciou nesta quarta, 23, o Movimento CyberTech Brasil, iniciativa com intuito de desenvolver ecossistema de inovação em cibersegurança no País. A ideia é promover a conexão entre empresas, startups, governo, academia e outras organizações.

O movimento "pretende contar com a participação e colaboração das principais organizações envolvidas no tema cyber, promovendo ações para a divulgação de conhecimento, capacitação de profissionais e inovação do setor no País", segundo a Cisco. A iniciativa é parte do programa de aceleração digital da própria fornecedora, o "Brasil Digital e Inclusivo", lançado em 2020 em um memorando de entendimento com o governo brasileiro.

Com esse anúncio, a fornecedora também lançou o que afirma ser o primeiro centro de inovação e experiências em cibersegurança brasileiro, o Cisco Secure CyberHub. Durante teleconferência para jornalistas e analistas do setor, o country manager da Cisco do Brasil, Ricardo Mucci, afirmou que a unidade "será um espaço para as startups e para a segurança cibernética".

Notícias relacionadas

O centro será o principal espaço de inovação, experiência e debate do movimento CyberTech Brasil. Ele ficará dentro das instalações do Distrito Fintech, em São Paulo, e permitirá experimentação de cenários complexos de ataque e defesa. A unidade terá diversos ambientes com recursos audiovisuais, incluindo sala de operações de segurança. 

De acoro com o CEO do Distrito, Gustavo Araújo, um relatório mensal será elaborado, tornando o HUB uma espécie de "banco de dados". Esse estudo com dados de investimentos de startups no segmento, o Inside Cybertech Report, tem o lançamento prometido para "em breve". Haverá ainda um evento do setor em outubro, o Cybertech Summit, em parceria com a Cisco. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.