HERE apresenta diretriz para definir coleta de dados de carros

O HERE, serviço de navegação da Nokia, divulgou nesta terça-feira, 23, uma nova diretriz que define como os dados coletados dos veículos por sensores devem ser inseridos em um servidor na nuvem, uma das modalidades que mais deve crescer com a Internet das Coisas (do inglês "Internet of Things" ou "IoT").

Notícias relacionadas
A empresa de pesquisas automotivas SBD estima que 33 milhões de veículos sejam vendidos com algum sistema de conectividade até 2020. Isso criaria 163 milhões de terabytes por ano, com os dados sendo gerados por câmeras ou sensores dos automóveis.

De acordo com a HERE, o intuito da nova interface é ajudar as montadoras de automóveis a desenvolver novas tecnologias que ajudem a garantir a segurança nas estradas e facilitar a mobilidade no trânsito.

Coletando dados

No formato proposto pela HERE, os carros com sensores geram informações sobre uma estrada com buracos, lama ou gelo na pista. Essas informações são enviadas para a nuvem, que por sua vez as distribuem para outros carros na região, de modo que evitem os obstáculos. Os dados enviados à nuvem devem ser inteligíveis e anônimos em formato padrão, independente do modelo de carro e seu fabricante.

Segundo a empresa, há conversas já em andamento com montadoras sobre o sistema de tecnologia na nuvem e deve iniciar conversar com outras fabricantes de veículos no começo do segundo semestre.

A novidade surge um dia após o HERE confirmar seis novos países em sua aplicação de trânsito em tempo real.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.