Audiências em vídeo online bateram recorde nos EUA no mês de março

As impressões de publicidade em vídeos online atingiram números recordes em março de 2012, superando a marca de 8 bilhões para a primeira vez na história, provando que o segmento continua sua trajetória ascendente, de acordo com dados recentes  da comScore.

Segundo a última pesquisa comScore Video Metrix, 181 milhões de usuários da Internet nos EUA assistiram cerca de 37 bilhões de vídeos de conteúdo online em março, com, como sempre, os sites do Google, principalmente o YouTube, acumulando 146,1 milhões de visitantes únicos. O Google foi seguido pelos sites do Yahoo!, com 60,6 milhões, Vevo com 51,3 milhões, Facebook.com com 45,1 milhões e Viacom Digital, com 44,3 milhões.

Dos quase 37 bilhões de visualizações de vídeo que ocorreram durante o mês, os sites do Google geraram 15,7 bilhões, seguidos pelo Hulu, com 1 bilhão, e sites do Yahoo!, com 815 milhões. No total, o espectador médio assistiu 21,7 horas de conteúdo de vídeo online, com maior participação média derivada de sites do Google (7,1 horas) e Hulu (4,6 horas). 

O mais marcante na avaliação mensal da indústria foi a evolução da monetização dessa demanda. Neste contexto, o serviço OTT baseado em assinatura e publicidade Hulu colocou até mesmo o Google na sombra, sendo responsável pelo volume recorde de 1,7 bilhões de anúncios ém vídeo, meio bilhão a mais do que gerou o gigante das buscas. Logo atrás ficou a rede de publicidade BrightRoll, com 953 milhões, a Adap.tv, com 892 milhões, e meios específicos, com mais de 775 milhões. 

O tempo gasto assistindo anúncios em vídeo totalizou 3,5 bilhões de minutos, com Hulu sendo responsável por 690 milhões de minutos. 

No geral, os anúncios em vídeos online atingiram 51% da população total dos EUA, em média, 53 vezes durante o mês. O Hulu entregou a maior frequência de anúncios em vídeo para seus telespectadores, com uma média de 51, enquanto ESPN entregou uma média de 26 anúncios por espectador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.