Telefônica quer o direito de operar MVNO

Antônio Valente, presidente do grupo Telefônica, comentou nesta terça, 23, sobre a posição da empresa a respeito do regulamento de operadoras móveis virtuais (MVNOs, na sigla em inglês), cuja consulta pública terminou esta semana. Uma das sugestões apresentadas pela companhia foi de que seja permitido a empresas coligadas às operadoras móveis o lançamento de MVNOs. O texto em consulta pública proíbe isso. Ou seja, pela redação atual do regulamento, a Telefônica não poderia lançar uma operadora virtual sobre a rede da Vivo, por exemplo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.