Fábio Faria agora fala em 5G nas capitais em setembro

Ministro das Comunicações, Fábio Faria, durante evento do BTG Pactual. Foto: Reprodução

O governo Jair Bolsonaro estava prevendo antecipar as metas do 5G, chegando a falar em liberação da faixa de 3,5 GHz e operação ainda no natal passado. Acontece que o processo não aconteceu neste ritmo, e apenas nesta quarta-feira, 23, a entidade administradora da faixa (EAF) foi constituída. Assim, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, já está presumindo uma flexibilidade do prazo para ligar a rede nas capitais. 

Em evento para empresários, políticos de direita e investidores promovido pelo BTG Pactual também nesta quarta-feira, Faria afirmou que ainda espera que pelo menos algumas cidades já possam estar com o 3,5 GHz liberado. Ele disse que espera o 5G "já começando este ano, em julho, nas capitais, que têm o prazo máximo até setembro", afirmou. 

"Então vamos ter o 5G funcionando de forma total aqui em São Paulo, em Natal, Recife e Porto Alegre até [o final deste] ano", completou. Naturalmente, espera-se que o mesmo prazo máximo possa valer para todas as demais capitais.

Notícias relacionadas

O edital do 5G diz que o uso da faixa de 3,5 GHz só poderá ser iniciado a partir do dia 30 de junho nas capitais e no Distrito Federal, conforme item 6.3 – A. Contudo, o item 6.3.4 já considera que o prazo pode ser alterado por 60 dias, "desde que constatadas dificuldades técnicas" para a migração da banda C para Ku ou para desocupação da faixa de 3.625-3.700 MHz do serviço fixo por satélite (FSS). 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.