Vivo diz estar em 'negociações avançadas' com fundo internacional para operação neutra

A Vivo informou que está em "negociações avançadas" para a venda da unidade de fibra para a operação neutra. No fato relevante divulgado na noite desta terça, 23, a operadora não disse quem é o interessado, mas afirmou ser um "grande investidor financeiro internacional" para o projeto de oferta de rede ótica independente para o atacado.

Conforme explica a operadora, a nova empresa deverá contar com a participação da unidade de infraestrutura do grupo, a Telefônica Infra. O objetivo é a aceleração da expansão da rede de fibra para novas localidades por meio de um "modelo de menor investimento" para a Vivo, e que "captura valor para penetração de terceiros".

O projeto prevê um foco para expansão da fibra para todo o País, com foco em cidades fora do estado de São Paulo. Segundo a operadora, a previsão é de atingir cerca de 5,5 milhões de lares e empresas em quatro anos. "A partir da formalização da nova empresa, a Telefônica Brasil será responsável pelo conhecimento técnico em FTTH e pela contribuição de aproximadamente 1,6 milhão de domicílios cobertos", diz a operadora em comunicado à imprensa.

Naturalmente, a operação está sujeita a aprovações societárias e regulatórias (do Cade e da Anatel). A estratégia de separação da rede neutra da Vivo foi anunciada em julho do ano passado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.