RIM abandona modelo com dois CEOs e nomeia novo presidente

Após muita pressão dos acionistas em razão do fraco desempenho da empresa, a RIM decidiu abandonar o modelo de gestão com dois CEOs e trocar o seu comando. A partir de agora a fabricante do BlackBerry será presidida pelo executivo alemão Thorsten Heins, que até então era seu COO. Heins está há quatro anos da RIM, tendo trabalhado antes na Siemens. Ele substitui Jim Balsillie e Mike Lazaridis, que dividiam as funções de CEO e chairman. A executiva Barbara Stymiest, que faz parte do conselho de administração da RIM, passa a ocupar o posto de chairman. Lazaridis, que foi um dos fundadores da RIM, agora será o vice-chairman, enquanto Balsillie manterá um assento no conselho de administração, mas não terá mais funções operacionais.

Notícias relacionadas
A mudança na RIM era esperada depois de um ano de crise. A companhia vem perdendo espaço no mercado de smartphones para concorrentes como Samsung e Apple. Seu tablet, o Playbook, não obteve o sucesso esperado. Em outubro, uma pane em seu serviço de email deixou milhões de usuários com problemas de acesso aos seus correios eletrônicos por três dias. As ações da RIM se desvalorizaram 88% desde 2008, quando atingiram seu pico, calcula o site Rethink Wireless (www.rethink-wireless.com).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.