Canbrá Telefônica não teme impugnação

Acaba nesta quarta, 23, o prazo para que os consórcios Canbrá Telefônica e Fixcel apresentem suas contra-razões às impugnações mútuas apresentadas à Anatel, na sexta-feira, dia 18. O Canbrá (composto pela Qualcomm, Bell Canada, WLL, Grupo Libermann e Taquari Participações) questiona a composição acionária da concorrente Fixcel (formado pela Tele Centro Oeste e Splice), enquanto esta alega que o oponente só demonstrou sua formação como empresa por meio de um termo de compromisso, o que não está previsto no edital. Entretanto, o presidente da Qualcomm, Marco Aurélio Rodrigues, disse que o Canbrá está tranqüilo e pode provar que já tinha a empresa formada. "Não imaginamos uma desclassificação nem de longe", enfatiza Rodrigues, que esteve em Brasília na terça, dia 22, para um encontro informal como o presidente da Anatel, Renato Guerreiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.