Mais da metade dos brasileiros pesquisa no celular antes de comprar

O celular virou um instrumento de auxílio para o consumidor brasileiro antes de fazer suas compras, sejam elas de bens físicos ou digitais. A prática é adotada por 66% dos usuários de telefonia celular no País, de acordo com estudo realizado pelo Mobile Entertainment Forum (MEF). O crescimento em relação ao ano passado foi significativo: a edição do estudo em 2011 verificara um percentual de 47%.

Foram consideradas atividades como busca por lojas, comparação de preços e avaliação de produtos. O uso de cada tipo diferente de pesquisa no celular é detalhado no levantamento: 40% dos usuários brasileiros procuram por informações sobre produtos e serviços; 32% pesquisam para uma compra futura; 27% verificam preços; 26% buscam por lojas físicas próximas; e 10% usam cupons móveis para desconto.

Embora pesquise muito, o brasileiro ainda compra pouco pelo celular. Dos 66% que realizam pesquisas prévias no aparelho, somente 42% concluíram compras pelo telefone. Aliás, o percentual de usuários brasileiros de telefonia móvel que compram bens físicos (CDs, livros, roupas etc.) pelo celular caiu de 16% para 13% entre 2011 e 2012. Esse percentual põe o Brasil em último lugar na lista dos dez países pesquisados pelo MEF, dentre os quais estão vários emergentes, como México (15%), Indonésia (20%), África do Sul (21%) e Índia (23%). Se considerados bens perecíveis (comida e bebida), apenas 5% dos brasileiros compram via celular (eram 4% em 2011).

Analisando-se somente a compra de bens digitais, o que inclui ringtones, apps, música e games, o estudo do MEF verificou que 58% dos usuários brasileiros adquirem esse tipo de conteúdo em seus telefones. No ano passado, o percentual era de 47%. Se combinados bens físicos e digitais, o percentual de brasileiros que compram pelo celular é de 67%, o que representa uma leve queda em relação ao estudo do ano passado, quando foi apontado um percentual de 70%. Cabe lembrar que não necessariamente quem compra pelo celular, especialmente bens digitais, realiza pesquisas prévias pelo aparelho: isso explica um percentual mais alto de brasileiros que compram em mobilidade do que de brasileiros que pesquisam pelo celular.

O relatório global do MEF, intitulado "Global Consumer Survey 2012", está disponível gratuitamente para download para os membros da entidade, em seu site. Os não associados podem adquirir relatórios individuais por país por 350 libras esterlinas cada ou o relatório mundial por 1.950 libras esterlinas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.