Base de acessos móveis crescerá 8,3% até 2018

Mesmo mostrando retração nos últimos meses, o mercado de serviço móvel pessoal (SMP) brasileiro deverá crescer nos próximos três anos e exibir uma base de mais de 304 milhões de linhas ativas, segundo estimativa da empresa de pesquisa Dataxis no relatório "Telecom Series 2015: Brazil". De acordo com a Anatel, em julho o País contava com 281,5 milhões de acessos, mostrando recuo nos dois meses anteriores de mais de 2,7 milhões de linhas. Comparado com dezembro de 2014, a estimativa é de um avanço de 8,3% na base.

A Dataxis acredita que o mercado de SMP representará 80,3% do total de acessos de telecomunicações em 2018, sendo responsável por 67,4% das receitas do setor no período (em 2014 era de 65,3%, ainda de acordo com a empresa de pesquisas). A estimativa é que o total de receitas do setor se mantenha acima da casa dos US$ 40 bilhões.

A banda larga fixa, por sua vez, deverá mostrar um aumento de 25,5% em 2018 em relação a 2014, superando os 27 milhões de acessos. Em julho deste ano, novamente de acordo com dados da Anatel, o mercado brasileiro de serviço de comunicação multimídia (SCM) totalizou 25,1 milhões de acessos.

Mesmo a telefonia fixa tem estimativa de crescimento: 5,9% na comparação com 2014, totalizando mais de 47 milhões de acessos – em julho, o País contabilizava 44,5 milhões de linhas, segundo a Anatel. A Dataxis diz que esse aumento será impulsionado pelos serviços VoIP das operadoras de cabo, como a Net com seu produto Net Fone. A participação dessa tecnologia de VoIP na base total em dezembro de 2014 era de 14,7%, e a estimativa é de que isso aumente para 19,6% em 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.