Dólar alto não afeta estratégia da Cisco no Brasil

O presidente da Cisco no Brasil, Rodrigo Dienstmann, disse que o dólar alto não afeta a estratégia da empresa no Brasil. "Já tivemos excelentes anos com dólar em patamar parecido no País", lembra o executivo.

Dienstmann entende que a desvalorização do Real pode causar um efeito "tático", mas não "estratégico, sobre a empresa. Alguns clientes podem tardar um pouco mais para fazer uma aquisição, mas dificilmente desistirão da compra, pois soluções de TI como aquelas vendidas pela Cisco estão ligadas a projetos de aumento da produtividade.

O executivo reconhece o cenário difícil para as teles brasileiras, cujas receitas são em Reais e o Capex, em dólares. Contudo, destaca que equipamentos como small cells podem ajudar a reduzir os investimentos e melhorar a qualidade de cobertura.  Por sua vez, o presidente mundial de desenvolvimento e vendas da Cisco, Rob Lloy, afirma que não notou uma diferença de postura das teles nas negociações nos últimos seis meses, apesar da alta do Dólar. "Elas sempre são duras ao negociar", comenta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.