Anatel prorroga consulta pública do edital de de 3,5 GHz para 25 de julho

A Anatel aceitou o pedido de prorrogação da consulta pública do edital de venda da faixa de 3,5 GHz feito pela Abert e adiou o final da consulta para o dia 25 de julho. Segundo a assessoria da agência, a decisão foi tomada na última terça, 21, por meio de circuito deliberativo à noite, quando não era mais possível que fosse publicada no Diário Oficial desta quarta, 22. Assim, a postergação deve ser publicada até sexta, 24.
Além da prorrogação da consulta, a Abert pede que a Anatel apresente estudos que comprovem que a utilização de sistemas de rádio banda larga na faixa de 3,5 GHz não afeta as trasmissões da banda C do satélite, usada por cerca de 20 milhões de domicílios com antenas parabólicas e pelas próprias emissoras de TV.
Segundo a entidade, o problema está na potência permitida aos sistemas de wireless broadband. Até 2005 a potência máxima que poderia ser utilizada na faixa de 3,5 GHz era de 2 Watts (W). Mas em 2010 a Anatel alterou esse limite para 4W até 5 anos e depois disso até 30W. Segundo radiodifusores, operadoras de satélite e fabricantes não existem filtros capazes de impedir a interferência e o desenvolvimento de novos produtos poderá ser muito custoso, especialmente para os usuários de antenas parabólicas. A Abert aposta que um estudo da UIT realizado no final do ano passado com as mesmas conclusões dos testes feitos pelos radiodifusores no Brasil seja capaz de sensibilizar a agência. Não se sabe se a Anatel de fato aceitará criar um grupo de trabalho para discutir o tema, como pede a Abert.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.