Smartphones de entrada dominarão abastecimento ao mercado mundial em 2018

A bola da vez para o mercado de fabricantes de handsets é mesmo a categoria de smartphones de entrada, ou seja, de baixo custo (abaixo dos US$ 250). Na previsão da ABI Research divulgada nesta segunda, 22, o abastecimento desses aparelhos deverá crescer de 259 milhões em 2013 para 788 milhões de unidades em 2018, quando representarão 46% do total do mercado. Os aparelhos de custo médio (até US$ 400) e alto (acima de US$ 400) deverão crescer de 635 milhões para 925 milhões no mesmo período

O estudo indica que esses smartphones de entrada são a chave para as operadoras aumentarem as receitas em dados, como já acontece no Brasil. Ainda segundo a previsão, o crescimento no abastecimento do mercado será conduzido por devices com planos pré-pagos em mercados emergentes, migrando os consumidores que ainda não aderiram aos handsets inteligentes e ajudando a minimizar o impacto que o subsídio a smartphones traz na margem de lucro das empresas.

Ainda assim, os aparelhos de médio e alto custo continuarão a ser importantes para operadoras, diz a ABI, pois tendem a usar mais recursos das redes. A previsão é de que os smartphones premium se tornem "menos dependentes" da superioridade tecnológica, focando mais em valor e confiabilidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.