TV paga vê erosão de base crescer em janeiro

Foto: Pixabay

O mercado de TV paga voltou a apresentar forte intensificação da perda de base no primeiro mês de 2021. Em janeiro, o setor perdeu 184 mil assinantes, fechando o mês em 14,644 milhões de clientes (contra 14,828 milhões em dezembro). A queda acentuada em janeiro é comum, mas o mercado em 2020 havia registrado um ritmo menos intenso de perda de assinantes.

A operadora que mais perdeu foi a Claro TV, com 76 mil clientes a menos: a operadora fechou janeiro com 6,914 milhões de assinantes. A Sky também perdeu 59,8 mil assinantes no mês de janeiro, fechando o período com 4,45 milhões. A Vivo TV perdeu 6,6 mil clientes e fechou o mês com 1,24 milhão. Já a Oi TV foi a única operadora a manter crescimento, com uma base total no final de janeiro de 1,7 milhão, 12 mil a mais do que no mês anterior. Veja abaixo a evolução do ritmo de perda de base:

Notícias relacionadas

1 COMENTÁRIO

  1. Do objeto de vista do consumidor, só tem uma saída para as TVs pagas: acabarem com a exclusiva linearidade dos canais e tornarem seus conteúdos disponíveis na forma de streaming; aumentarem a qualidade de imagem e som, a fim de igualar a experiência com serviços de streaming de ponta, e se distanciarem ainda mais dos serviços piratas. Caso contrário, é um cable cutter novo a cada minuto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.