Prysmian fornecerá cabo de 770 km para programa Norte Conectado

A fabricante de equipamentos óticos Prysmian anunciou nesta segunda-feira, 22, que fornecerá um cabo subfluvial de 770 km para o Programa Norte Conectado, do governo federal.

A implementação e operação do projeto do Ministério das Comunicações (MCom) está sob responsabilidade da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). Os 770 km de cabos inicialmente fornecidos pela Prysmian contarão com 48 fibras; o prazo para entrega dos equipamentos (desenvolvidos e fabricados na Alemanha) foi fixado para setembro.

"Ele será posicionado no leito do Rio Amazonas e, por isso, foi projetado para não impactar este delicado ambiente subfluvial e apresentar uma vida útil de 25 anos nestas condições", afirmou a fornecedora, em comunicado. "O projeto prevê transmitir neste cabo múltiplos canais de 100 Gigabits por segundo (Gbps)", prometeu.

Os equipamentos da Prysmian serão instalados no trecho entre Macapá (AP) e Santarém e Alenquer (PA) – ou a chamada Infovia 00, cuja conclusão está prevista para este segundo semestre. A RNP será detentora dos direitos da rede, que deverá ser compartilhada com o setor privado por orientação do MCom.

Ao todo, o Norte Conectado conta com seis fases e nove infovias, com prazo de conclusão total para 2023. Obrigações relacionadas à iniciativa devem ser fixadas como parte dos compromissos das vencedoras da faixa de 3,5 GHz no leilão de 5G.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.