Banda C: Abratel pede urgência em cadastro de estações profissionais de satélite

A Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel) classificou como urgente o cadastro, junto à Anatel, de estações terrenas receptoras de sinais de satélite. Segundo a entidade, o passo é fundamental para que as estações profissionais sejam protegidas em caso de interferência provocada pelo 5G.

De acordo com a associação, a Anatel está sinalizando que todos os pedidos serão prontamente atendidos; o Banco de Dados Técnicos e Administrativos (BDTA) vai consolidar os dados. Para emissoras que já possuem autorização do serviço, o trâmite pode ser realizado através do Sistema de Serviços de Telecomunicações (STEL).

Já entidades sem autorização devem primeiro requerer a outorga para prestação do Serviço Limitado Privado (SLP) por Satélite via o sistema Mosaico, apresentando também pedido de proteção contra interferência do 5G. Maiores detalhes podem ser acessados neste tutorial.

Notícias relacionadas

"Nós temos pedido que os radiodifusores façam o quanto antes o cadastramento de suas estações na Anatel", reiterou o engenheiro técnico da Abratel, Wender Souza, em comunicado. A possibilidade de garantia contra interferências está prevista no Regulamento Geral de Licenciamento (RGL).

TVRO

Os Serviços Fixos por Satélite em questão operam em 3,5 GHz, considerada a faixa mais importante a ser disponibilizada no leilão de 5G. Além dos sistemas profissionais, a Anatel também atua para garantir a preservação da recepção por antena parabólica (TVRO) em até 20 milhões de lares que usam a tecnologia para acesso à TV aberta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.