Arsat conclui manobras para posicionar seu primeiro satélite em órbita

A agência espacial da Argentina Arsat deu início no sábado a uma série de cinco manobras que colocarão o primeiro satélite geoestacionário do país em sua posição orbital definitiva, a 81°W e a uma altitude de 36 mil km. O Arsat-1 foi lançado com sucesso pelo foguete Ariane 5, da Arianespace na última quinta-feira, 16, a partir da base de Kourou, na Guiana Francesa.

Notícias relacionadas

Segundo informações da Arsat e da estatal Invap, que construiu o satélite, o Arsat-1 foi colocado em órbita pelo foguete a menos de um quilômetro de sua posição definitiva, o que é considerado um verdadeiro sucesso porque exige poucas manobras e economiza combustível. As manobras devem ser concluídas até o final dessa semana. A partir daí, terá início o processo de migração dos serviços do satélite AMC-6 para o Arsat-1.

O Arsat-1 foi anunciado ainda em 2009 e tinha lançamento previsto inicialmente para 2012. Atrasos na construção obrigaram adiamentos consecutivos no lançamento do satélite que consumiu recursos da ordem de US$ 250 milhões e que oferecerá serviços de telecomunicações, com conectividade para áreas remotas, e ampliará a capacidade de distribuição de TV digital terrestre e de TV por assinatura naquele país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.