Microsoft vê na mobilidade um dos principais pilares de crescimento

A Microsoft tem no segmento de mobilidade um dos principais pilares de sustentação de seu crescimento nos próximos anos. Mas as soluções da empresa para este mercado vão muito além do sistema operacional Windows Mobile e passam também pelo desenvolvimento de serviços e soluções, como exemplo de soluções do Exchange e do MSN Messenger.

"A Microsoft deixou de ser apenas uma plataforma para também ser uma fornecedora de serviços e soluções. E o caminho será o mesmo para o mercado de mobilidade, no qual temos grandes pretensões de crescimento", afirmou Julio Ramos, gerente de soluções móveis da Microsoft para a América Latina, que participou do 1º Forum Mobile+, Mobilidade + Negócios, que começou nesta terça-feira, 21, e vai até dia 23, em São Paulo. O evento é promovido pelas revistas TI INSIDE e TELETIME e organizado pela Converge Comunicações.

Uma importante mudança da empresa para este segmento é a quebra da barreira com os concorrentes, que em muitos casos acabam se tornando clientes da empresa. O executivo citou, por exemplo, empresas como a Research in Motion (RIM) e a Nokia, já que, embora concorra com estas no segmento de sistemas operacionais móveis, acaba atuando como fornecedora de soluções para essas empresas.

Notícias relacionadas
"Inclusive a RIM nos remunera com uma quantia relevante para a utilização de nossas soluções. Realmente essa barreira da competição foi quebrada. Com esse modelo, somamos receitas em duas frentes", enfatizou Ramos.

Em relação ao novo sistema operacional do Google, o Android, o executivo afirmou que a Microsoft começou a estudá-lo, mas ainda não tem nada sendo realizado em relação a ele. No entanto, o Ramos não descarta essa possibilidade. "No futuro podemos vir a lançar também soluções para esse sistema operacional, seguindo a tendência do nosso modelo de negócio e visão de mercado. Mas por enquanto não existe nada", comentou.

Já sobre o iPhone, Ramos apontou que o novo celular da Apple fez bem para o mercado de smartphones como um todo, ampliando-o e auxiliando a Microsoft na venda dos dispositivos com seu sistema operacional, o Windows Mobile. "Os últimos dois meses foram um dos melhores em vendas para a Microsofot. Superando as nossas expectativas", concluiu o executivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.