Suécia adotará novo modelo de cobrança por uso de espectro

O órgão regulador de telecomunicações da Suécia adotará um novo modelo para cobrança por uso de espectro no país. Em vez de exigir metas de universalização, como aconteceu no 3G em muitos países, e de cobrar taxas fixas, o novo modelo levará em conta o grau de eficiência no uso do espectro pelas operadoras. Quanto mais eficiente, menor será a taxa cobrada. O modelo será adotado gradativamente ao longo dos próximos anos e valerá para diversos tipos de licença, a começar pelas de TV. Operadoras com muito espectro e pouco uso pagarão taxas acima da média, enquanto aqueles que tiverem pouco espectro e fizerem um uso intensivo serão beneficiados com descontos. Também haverá variações de acordo com a frequência: quanto mais baixa, mais caras serão as taxas.
O site Rethink Wireless (www.rethink-wireless.com) analisa que o novo modelo adotado na Suécia deve influenciar outras operadoras ao redor do mundo. Tradicionalmente, os países escandinavos costumam lançar tendências em tecnologia móvel e em uso de espectro, pondera o site.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.