Angola Cables terá ponto de troca de tráfego em data center de Fortaleza

Inaugurado em abril deste ano, o data center tier III da Angola Cables em Fortaleza se tornará um ponto de troca de tráfego (PTT), anunciou a operadora na terça-feira, 20. Com a ativação, a estrutura terá conexão direta com 174 redes de carriers; provedores regionais, de aplicações ou de conteúdo; e com o IX.br da capital cearense.

A expectativa da Angola Cables com o investimento é transformar o data center (AngoNAP Fortaleza) em um "marketplace" que possa atender o hub de telecomunicações da região. Dentro do PTT, usuários poderão se conectar por meio de portas Ethernet de capacidades entre 1 Gbps e 100 Gbps. A operadora também nota que a cidade de Fortaleza deve movimentar cerca de 600 Gbps de dados a partir de 2020, ampliando os 227 Gbps atuais que já credenciam a capital como terceiro município de maior tráfego do País, segundo a empresa.

Atualmente, a Angola Cables opera os sistemas de cabos submarinos SACS, Monet e WACS, além de gerir o data center brasileiro e o AngoNAP Luanda (Angola). No seu país de origem, a operadora também faz gestão do Angonix, um PTT que está entre os cinco maiores de África.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.