Microsoft fecha fábrica e demite 2,3 mil na Finlândia

A Microsoft informou nesta sexta-feira, 21, o término das negociações com os trabalhadores de Salo, na Finlândia, e fechará a antiga unidade de desenvolvimento de handsets Nokia. De acordo com a Reuters, a companhia norte-americana informou que pretende cortar 2,3 mil empregos no país nórdico. Por outro lado, as unidades das cidades de Espoo e Tampere continuarão abertas.

Essas mudanças foram anunciadas em julho. Na época, a Microsoft indicou um grande reposicionamento no setor de handsets. Com as demissões, a Microsoft pretende fomentar o desenvolvimento do ecossistema Windows – PCs, Smartphones, Tablets e Consoles – e reduzir a quantidade de smartphones Lumia no mercado.

Ao todo, a empresa fundada por Bill Gates e atualmente dirigida pelo CEO Satya Nadella pretende cortar 7,8 mil vagas no mundo. Durante o anúncio em julho, o gigante da tecnologia confirmou que o Brasil sofreria com os cortes, mas ainda não informou o impacto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.