ZTE corta custos e lucra US$ 50,6 milhões no semestre

A chinesa ZTE vem passando por uma série de corte de custos e otimização operacional para reverter o quadro de prejuízo que vinha registrando. A estratégia parece estar dando resultados. Embora a receita da fornecedora de equipamentos de rede e handsets tenha caído 11,9% nos primeiros seis meses de 2013 em relação ao mesmo período do ano anterior, para 37,58 bilhões de iuans (US$ 6,1 bilhões), a ZTE conseguiu alta de 26,6% no lucro líquido, que somou 310 milhões de iuans (US$ 50,6 milhões) ao final de junho. A expectativa da empresa é de que o lucro líquido do acumulado dos nove meses de 2013 some entre 500 milhões de iuans e 750 milhões de iuans (algo entre US$ 81,6 milhões e US$ 122,4 milhões), revertendo assim o prejuízo acumulado de 1,7 bilhão de iuans (US$ 277,5 milhões) entre janeiro e setembro de 2012.

Em comunicado, a ZTE lembra que foi penalizada por contratos de baixas margens no último ano em mercados como o da África e pela competição no segmento de smartphones, mas a expectativa é de que os cortes de custos (como a redução pela metade na remuneração de executivos sênior) e projetos de 4G das operadoras chinesas coloquem a empresa de volta no azul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.