Desktop conclui IPO e promete competição com grandes nacionalmente

A operadora paulista de telecom Desktop concluiu sua oferta inicial de ações (IPO) e estreou nesta quarta-feira, 21, no mercado de capitais. Em cerimônia na B3, a provedora regional prometeu competição em nível nacional com grandes players.

"Estamos preparados para ser uma empresa de nível nacional e tenho certeza que vamos, muito em breve, ser uma das maiores da América Latina em fibra óptica", afirmou o fundador e CEO da Desktop, Denio Alves Lindo, na ocasião.

"Já somos o maior ISP de São Paulo e vamos ser o maior do Brasil. As grandes operadoras que se cuidem, porque daqui alguns anos vamos estar no encalço deles e provavelmente disputando o primeiro lugar no estado de São Paulo e também no Brasil", completou o executivo.

Notícias relacionadas

Com R$ 715,22 milhões levantados na oferta inicial de ações, a capitalização da Desktop passou de R$ 74,9 milhões para R$ 790,2 milhões. A participação do fundador na empresa passou de 29% para 19% após a primeira emissão, enquanto a do fundo Makalu (que administra a participação da HIG Capital na provedora) mudou de 59% para 38%.

Nova compra

Os planos da Desktop são de usar 70% dos recursos obtidos para expansão orgânica e 20%, para inorgânica. Após quatro negócios fechados nos últimos dez meses, um quinto acordo (ainda sob confidencialidade) foi fechado em maio com um provedor de 18 mil assinantes e R$ 20 milhões de receitas em 2020.

Segundo a Desktop, a operação será paga com R$ 22 milhões à vista e outros R$ 25 milhões pagos em cinco anos. O fechamento da transação deve ocorrer somente após a liquidação financeira da oferta, segundo prospecto da empresa. A empresa em questão atua nas cidades de Atibaia, Mairiporã, Bom Jesus dos Perdões, Jarinu, Piracaia e Nazaré Paulista, todas em São Paulo.

Competição

Em maio, a Desktop contava com 321 mil acessos em banda larga fixa, sendo 95% em fibra óptica e 106 mil clientes adicionados em 2021. Destes, 62 mil foram incluídos a partir de aquisições.

A Desktop atua em 53 cidades do interior de São Paulo e reporta liderança de market share em um quarto delas, incluindo Sumaré (onde a empresa foi fundada) e Hortolândia. Em seu prospecto final de IPO, a provedora destacou ganho de participação frente a competidores (sobretudo a Vivo) em diversos municípios desde 2018. No estado de São Paulo, o market share da ISP é de 2,5%.

Na manhã desta quarta-feira, os papéis estreantes da Desktop (DESK3) chegaram a valorizar mais de 8% na B3. Ao fim do dia, a ação encerrou valorizada em R$ 24,25, ou alta de 3,19%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.