RIM acusa Nortel de impedir oferta por ativos de tecnologia sem fio

A Research In Motion (RIM), fabricante do BlackBerry, acusou a Nortel de ter impedido sua tentativa de adquirir ativos da fornecedora de equipamentos de rede de telecomunicações. A RIM diz que tentou participar de leilão para comprar a unidade de negócios de tecnologias sem fio CDMA e LTE da fabricante canadense, mas alega que foi informada que só poderia participar se prometesse não realizar ofertas por outros ativos da empresa por um período de um ano.
Segundo a empresa, para conseguir impor essa condição, a Nortel e seus assessores alegaram que a RIM tinha intenção de adquirir outras unidades de negócios, o que inviabilizaria a compra da área de tecnologias sem fio.
A RIM, entretanto, afirma que apesar de seus esforços, a Nortel se recusou discutir o assunto, para que se chegasse a uma solução. Com base em análise preliminar, a RIM estava disposta a pagar US$ 1,1 bilhão para comprar a unidade.

Notícias relacionadas
De acordo com a fabricante do BlackBerry, a oferta representaria um preço atraente para os acionistas da Nortel e um valor muito superior à proposta feita pela Nokia Siemens, que acabou fechando contrato de compra da unidade de desenvolvimento de tecnologias sem fio CDMA e LTE por US$ 650 milhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.