Em maio, empresas se mativeram dentro das metas de qualidade, diz Anatel

A Anatel divulgou nesta sexta, 21, o resultado da medição da qualidade da banda larga fixa no mês de maio. A agência já havia divulgado os primeiros resultados da medição, referente ao mês de abril, quando, segundo dados da agência, as empresas mostraram que estão dentro das metas de velocidade média e velocidade instantânea definidas pela Anatel.

A diferença em relação à divulgação dos resultados de abril é que dessa vez a agência incluiu um novo estado, o Paraná, aos que já havia sido divulgados anteriormente – São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Em relação aos resultados em si, mais uma vez os indicadores satisfizeram às exigências da agência. A meta de velocidade instantânea é de 20% da velocidade contratada em 95% dos casos. Esse percentual sobre para 30% a partir de novembro de 2013 e 40% a partir de novembro de 2014. Já para a velocidade média, a meta é atingir 60% da contratada; a partir de novembro esse percentual passa para 70% e em 2014, 80%.

Na velocidade instantânea, o pior resultado foi o da Oi no Paraná com 97,09% – ainda assim, de longe, dentro da meta que é no mínimo 20% em até 95% das medições. Na velocidade média, todas elas superaram também em muito a meta de 60% da velocidade contratada, com destaque para a Net que superou 100% em São Paulo e no Paraná.

A Anatel divulgou também a velocidade média das conexões oferecidas pelas prestadoras avaliadas.

Minas Gerais

CTBC: 2,2 Mbps
GVT: 13,6 Mbps
Net: 7,8 Mbps
Oi: 3,4 Mbps

Rio de Janeiro

GVT: 21,2 Mbps
Net: 9,2 Mbps
Oi: 5,2 Mbps

Paraná

GVT: 14,6 Mbps
Net: 8,7 Mbps
Oi: 3,7 Mbps
Sercomtel: 5,8 Mbps

São Paulo

CTBC: 3,4 Mbps
GVT: 17,6 Mbps
Net: 9,5 Mbps
Vivo: 4,4 Mbp

Em relação à banda larga móvel, a Anatel enfrentou falha nos equipamentos e teve dificuldade para encontrar locais para instalá-los, por isso a medição atrasou. A previsão, informada pela a agência em maio, é terminar a instalação nos estados da primeira etapa (PR, SP, MG e RJ) até o fim de junho e divulgar os resultados a partir de agosto. A previsão é instalar os medidores da banda larga fixa e móvel no país inteiro até 31 de outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.