Roaming de dados: operadoras concordam em adotar medidas de transparência

A GSM Association (GSMA) anunciou que 24 grupos internacionais de operadoras móveis concordaram em adotar uma série de medidas comuns para aumentar a transparência na cobrança de roaming de dados em viagens no exterior. Entre os signatários, estão três grupos que atuam no Brasil: América Móvil (controladora da Claro), Telefónica (controladora da Vivo) e Telecom Itália (controladora da TIM). Ao todo, os 24 grupos representam mais de quatro bilhões de linhas móveis.

Notícias relacionadas
Pelo acordo, as operadoras passarão a adotar três medidas básicas: 1) envio de uma mensagem de texto informando os preços de roaming de dados assim que o assinante chegar ao exterior; 2) implementação de um limite mensal de gastos com roaming de dados e envio de alerta quando o usuário se aproximar desse limite; 3) suspensão do serviço quando o usuário atingir o limite pré-estabelecido. As três ações devem entrar em operação até o fim deste ano. Algumas das medidas já vêm sendo praticadas pelas operadoras individualmente.

Os outros 21 grupos internacionais que assinaram o acordo são: AT&T, Axiata Group Berhad, Bharti Airtel, China Mobile, China Unicom, Deutsche Telekom, France Telecom-Orange, Hutchison 3, KT Corporation, MTS, Qtel, SK Telecom, Smart Communications, SoftBank Mobile, Tata Teleservices, Telekom Austria, Telenor, TeliaSonera, Verizon Communications, VimpelCom e Vodafone.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.