Gemalto defende o uso do SMS interativo

Durante o 9º Tela Viva Móvel, que aconteceu esta semana em São Paulo, uma proposta de uso do SMS despertou especial interesse das empresas envolvidas no mercado de serviços de valor adicionado para celular. O fato chamou a atenção por se tratar de uma tecnologia existente, com 100% de penetração na base GSM, com grande potencial interativo mas quase não utilizada: o SMS interativo, ou iSMS. Quem falou sobre o tema foi a gerente de marketing e novas mídias da Gemalto, Cristiane Higashi. Segundo ela, trata-se de uma ferramenta que apresenta uma mecânica mais intuitiva, direta e prática e poupa o usuário de discagens de números, mensagens e códigos. Ela dá um exemplo de uma campanha de mobile advertising por SMS. "Em vez de eu ter de digitar um código ou uma palavra-chave para concorrer a um brinde, a mensagem já vem configurada, apenas para eu clicar na palavra 'ok'", exemplifica. "A navegação no iSMS é por cliques e páginas, a informação é mais interativa e as mensagens não vão para a caixa de entrada", diz.
Segundo ela, há casos onde pode-se reduzir cinco passos de digitação para apenas um clique. "Isso viabiliza resultados de campanhas até 10 vezes mais efetivas", diz. "Além de envio SMS, também consigo iniciar uma chamada de voz e uma conexão de dados com mais rapidez e praticidade", acrescenta. Outro benefício do iSMS é o fato de possuir código binário, que o permite estar disponível em toda a base de celulares GSM, mas no caso da operadora TIM, a solução é proprietária.
Cristiane também defende o iSMS como meio de promoção de serviços de terceiros (cross-selling e up-selling) de maneira mais efetiva e interativa, além de ferramenta eficiente para mobile advertising e qualificação de base (CRM), location based services (LBS), microblogs e mobile payment.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.