América Móvil terá chat internacional pelo celular

Dentro de algumas semanas a América Móvil lançará uma versão internacional de seu serviço de chat white label, permitindo que usuários de suas operadoras em diversos países da América Latina troquem mensagens entre si dentro das salas de bate-papo moderadas da companhia. O projeto pode vir a ser o maior do gênero já implementado na região. Mas não será o primeiro: vale lembrar a experiência do Blah!, que permitiu a troca internacional de mensagens entre seus usuários em diversos países do continente anos atrás.
O projeto faz parte de um contrato assinado há alguns anos entre a América Móvil e a Atchik-Realtime, empresa que presta o serviço de chat para o grupo. Trata-se de um contrato de exclusividade para toda a América Latina, com exceção de Chile e Brasil, onde a Atchik-Realtime já prestava o serviço para outras operadoras, como a Oi e a Brasil Telecom. Ao longo dos últimos anos, o serviço de chat foi sendo lançado aos poucos, país por país, nas operações da América Móvil. Primeiro foi a Colômbia, em 2005, depois a Telcel, em 2007. Nos últimos quatro meses houve uma aceleração do projeto e o serviço foi lançado em diversos países, como Brasil, Equador, Peru, Chile, Porto Rico, Panamá e República Dominicana. Já está no ar uma versão "light" da integração internacional do chat, mas a versão completa, com todas as funcionalidades, estará disponível dentro de algumas semanas. O próximo passo será levar o serviço para os países restantes, como Jamaica, Uruguai, Paraguai e Argentina.
O chat oferecido pela América Móvil não suporta apenas troca de mensagens, mas também de fotos. O serviço é moderado, para evitar o envio de conteúdo considerado inadequado, seja pornográfico, racista, xenófobo etc.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.