Lula pensa além de 2010 para vaga no conselho diretor

A vaga aberta para o conselho diretor da Anatel terá, definitivamente, um componente político. O presidente Lula sinalizou ao ministro Hélio Costa que está pensando em um nome para além de 2010, quando vence o seu mandato. Como o mandato é de cinco anos, quem for o novo conselheiro terá três anos de trabalho respondendo em um novo governo. Há quem leia esta sinalização de Lula como a certeza de que a vaga será de alguém ligado ao PT. O ministro das Comunicações Hélio Costa não esconde seu apoio a Jarbas Valente, superintendente de serviços privados da Anatel, e deverá reiterar a posição em reunião com Lula na próxima semana. Mas já pensa em um plano B, caso o nome de Valente não passe pelo crivo político. Esse nome poderia ser Roberto Pinto Martins, secretário de telecomunicações do Minicom, já cogitado em outras ocasiões. Mas não é um nome ligado ao partido do presidente. Nomes como o de João Rezende (ex-presidente da Sercomtel e hoje no Ministério do Planejamento) e Márcio Wohlers (hoje no IPEA) também surgem com maior ou menor intensidade, dependendo do interlocutor. Mas a escolha, pelo visto, está mais aberta do que nunca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.