Governo prepara agenda dedicada ao IoT para o segundo semestre

Foto: Pixabay

[Publicado no Mobile Time] O governo prepara uma série de novas ações para o desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT) no País a partir deste segundo semestre. Durante a edição digital do Fórum de Operadoras Inovadoras, nesta segunda-feira, 20, Guilherme Correa, coordenador de inovação do Plano Nacional de IoT no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, reconheceu que a pandemia do novo coronavírus reduziu o ritmo das discussões do IoT no governo na primeira metade do ano. Paralelamente, outros temas foram priorizados nesse período, como a nova Lei de Informática.

Com o primeiro semestre perdido, a administração pública foca seus esforços para o segundo semestre em um tripé de ações, como explicou o representante do governo:

  1. Articulação, através de câmaras, incluindo a recriação da Câmara de IoT. "E o Plano de IoT vai passar por uma revisão das ações. Vamos incentivar as plataformas de inovação, os trabalhos cooperados";
  2. Fomentar empresas no pós covid-19. "Neste momento de recuperação, tem um edital aberto da Finep de R$ 50 milhões para IoT: R$ 15 milhões para agronegócios, R$ 15 milhões para saúde, R$ 15 milhões para indústria, e R$ 5 milhões para cidades inteligentes";
  3. "O terceiro desafio é o regulatório, a isenção do Fundo de Fiscalização das Telecomunicações (Fistel) – para equipamentos de IoT".

Fistel

A isenção do Fistel foi defendida por executivos de indústrias reguladas pela Anatel, como Datora e Claro. Tomas Fuchs, CEO da Datora, acredita que o pagamento do tributo é uma das principais barreiras do IoT no Brasil, pois eleva o custo dos projetos. "O Fistel é um dos maiores desafios para o IoT (no Brasil)", diz Fuchs. "Queremos desoneração do Fistel, pois além de tudo, o IoT é um alavancador da economia".

Em resposta, o coordenador do MCTI disse que sabe que a "questão do Fistel é algo que vem sendo discutido há bastante tempo". Reconhece que o movimento do governo é "muito lento", mas que é "uma questão de tempo até zerar o Fistel".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.