Governo eleva status da Secretaria de Cultura, mas a mantém subordinada ao MEC

O governo retificou a Medida Provisória da reorganização dos ministérios com algumas alterações, entre elas, a criação de um cargo de secretário especial nacional de Cultura, que é um status mais próximo de ministro. Entretanto, manteve a nova secretaria dentro do Ministério da Educação.

Com isso, a secretaria da Cultura, cargo que foi ocupado por Marcelo Calero, passa a ter uma importância maior, mas a alteração não foi suficiente para reduzir as pressões contra a extinção do Ministério da Cultura. Em pelos menos 20 capitais, as manifestações de artistas contra a nova estrutura foram mantidas.

No Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, ficou confirmado o número máximo de cinco secretarias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.