TIM e Huawei atingem velocidade de 1,8 Gbps com 5G standalone

A TIM realizou testes com a Huawei para atingir o que afirma ser a velocidade mais alta no 5G. Segundo a operadora nesta terça-feira, 20, a companhia chegou a 1,8 Gbps utilizando capacidade de 100 MHz na faixa de 3,5 GHz com o padrão standalone no Release 16, o mesmo exigido pela Anatel para o futuro edital do leilão

O teste foi gravado e mostra que, além de atingir a velocidade de 1,8 Gbps, houve uma latência de 9 milissegundos e jitter (variação do ping) de 2 ms, sem perda aparente de pacotes. O dispositivo utilizado foi um smartphone da Samsung. 

Segundo a operadora, o teste é parte de uma série de projetos pilotos com a tecnologia 5G. A utilização da faixa de 3,5 GHz no Release 16 é justamente como preparativo, uma vez que ela é uma das frequências que serão leiloadas pela Anatel. Vale lembrar, contudo, que a disposição da proposta encaminhada ao TCU é de blocos de 80 MHz – portanto, menor capacidade do que a testada.

Notícias relacionadas

DSS

No comunicado à imprensa, a TIM diz ainda que expandiu a rede 5G DSS, tecnologia que utiliza espectro compartilhado com 4G e que a própria operadora já criticou. A promessa é oferecer "nova experiência" para clientes, que será atualizada com a chegada do 5G com frequência dedicada. 

Segundo a assessoria de imprensa da TIM, desde outubro do ano passado, o 5G DSS da operadora está ativo nas cidades de Bento Gonçalves (RS), Itajubá (MG) e Três Lagoas (MS) com tecnologia de acesso fixo-móvel (FWA). Em dezembro, a operadora anunciou a expansão do projeto para mais 12 cidades: São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba, Salvador, Fortaleza, Recife, Belém, Campinas, Santos e Florianópolis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.