Quase metade das novas conexões de banda larga no mundo é em fibra, diz pesquisa

A quantidade de usuários com conexões banda larga por meio de acesso híbrido com fibra (FTTx) tem aumentado mundialmente, na esteira da demanda por velocidades cada vez maiores.

De acordo com pesquisa realizada pela empresa de análise Point Topic e publicada pelo Broadband Forum, entidade que acompanha o setor, ao menos 19,7% das 635 milhões de conexões em banda larga feitas no mundo até o terceiro trimestre do ano passado tinham fibra ótica. Isolando somente o acumulado dos nove primeiros meses de 2012, foram 54 milhões de novos acessos de banda larga, dos quais a fibra respondeu por quase a metade (48%, ou 26 milhões de conexões). O levantamento estima que somente no terceiro trimestre foram 12 milhões de novos acessos de banda larga em geral.

Desconsiderando a última milha, o crescimento de acessos por fibra cresceu 26,13% entre setembro de 2011 e setembro do ano passado, totalizando 125,05 milhões de acessos no mundo. A infraestrutura de cobre (xDSL) conta com 366,96 milhões de conexões; o cabo é responsável por 121 milhões de acessos; e as demais tecnologias (como rádio e satélite) somam outros 21,75 milhões.

Entre todas as tecnologias, a participação dos acessos FTTx foi de 16,77%, enquanto o FTTH (fibra dentro da casa ou escritório do cliente) era 2,93% do total de conexões banda larga. Os acessos feitos por meio de pares de cobre ainda são a maioria e com folga, respondendo por 57,81% das conexões banda larga no mundo. Conexões com cabo coaxial respondem por 19,06%.

A curva de adoção da fibra é ascendente: numa comparação entre o terceiro trimestre de 2012 e o mesmo período do ano anterior, o FTTx cresceu 26,8% em número de acessos, enquanto o FTTH obteve 22,5% de aumento na base. As novas assinaturas de banda larga por acesso fixo sem fio cresceram 14,9%, enquanto a conexão por satélite cresceu 10,2%. Registraram adições mais tímidas o cabo coaxial, com 7,9%, e o cobre, com 4,8%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.