PPI oficializa pedido de novos estudos antes da privatização da Telebras

O Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI), que tem a Telebras no portfólio, oficializou a determinação que novos estudos sobre a estatal sejam realizados como forma de "aprofundar as alternativas para desestatização" da empresa.

A resolução foi publicada nesta quarta-feira, 20, no Diário Oficial da União (DOU). O movimento segue decisão tomada ainda no dia 2 de dezembro após recomendação do Conselho Interministerial, que supervisiona o programa de desinvestimentos do governo federal.

Aprofundamento

As motivações foram abordadas pelo comando do PPI na época. "Vamos precisar de consultoria especializada para analisar patrimônio, passivos, etc. Estão também sob análise a gestão do SGDC, a política de segurança e as políticas públicas da empresa", afirmou então a secretária especial do PPI, Martha Seillier.

Ela ainda sinalizou que o BNDES quem faria a análise de viabilidade econômica para apontar quais caminhos para a desestatização da empresa – que pode ser postergada por conta das novas exigências. A Telebras faz parte do portfólio do PPI desde 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.