Telefônica cede à Embratel em São Paulo e Santo André, mas não em Bauru

A Telefônica forneceu na última quarta-feira, 18, interconexão local à Embratel nas cidades de São Paulo e Santo André. No entanto, deixou de fora Bauru. As três cidades compunham a lista solicitada pela Embratel. O prazo estabelecido pela agência reguladora para que a Telefônica cedesse a interconexão nesses três municípios venceu à 0h desta quinta-feira, 19.
A vice-presidente de serviços locais da Embratel, Purificación Carpinteyro, disse que não recebeu qualquer explicação da Telefônica para o não fornecimento da interconexão em Bauru. A executiva defende que a Anatel intervenha na operadora local: "a cláusula 28 do contrato de concessão prevê que haja intervenção por parte do órgão regulador em caso de recusa injustificada de interconexão".
A Telefônica não quis se pronunciar a respeito do assunto, dizendo apenas que a diretoria da empresa ainda discutia a questão. A concessionária vinha se recusando a oferecer a interconexão porque exigia que antes fosse assinado o contrato comercial entre as duas empresas, no qual queria que constasse uma cláusula proibindo a Embratel de adotar uma estratégia de atração de clientes que recebam muito tráfego. A interconexão em São Paulo e em Santo André foi fornecida sem a assinatura do contrato comercial.

Notícias relacionadas
Quanto à Brasil Telecom, Carpinteyro está otimista pois a concessionária local deu sinais de que fornecerá no próximo fim de semana as interconexões solicitadas em sua região.

Clientes

A Embratel já ativou nesta quinta três clientes locais no estado de São Paulo: o jornal Valor Econômico, a consultoria Harte Hanks e a empresa de informações de mídia IOB. Na próxima sexta, 20, serão ativadas as linhas locais da C&A, Rede Globo, Lojas Renner, Philips, Crefisa e Uranet (empresa de call center). Os números telefônicos de todos os clientes locais da Embratel começam com "21".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.