Diretoria da Oi afirma: desempenho está "dentro das expectativas"

Foto: Pixabay / Pexels

No final da noite da sexta-feira, 16, a Oi emitiu um segundo comunicado ao mercado para afirmar que o desempenho financeiro está "dentro das expectativas". No documento, a diretoria alega ainda que continua a estudar "alternativas" para a capitalização da empresa, mas sem nenhuma decisão tomada ainda. 

O fato relevante, assinado pelo diretor de finanças e relações com investidores da Oi, Carlos Brandão, foi publicado após solicitação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) de esclarecimentos sobre as notícias veiculadas na semana passada pelo Estado de S. Paulo. A companhia citou a resposta da Anatel, afirmando que a agência já havia desmentido as informações, e que o órgão vem acompanhando desde 2014 a situação econômico-financeira da empresa, em conjunto com o juízo da 7ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro, o Ministério Público e o administrador judicial. 

No comunicado, Brandão destaca ter havido transparência e diligência de suas ações e estratégias para assegurar o cumprimento do Plano da RJ e soerguimento sustentável. "Neste sentido, a Oi esclarece que seu desempenho encontra-se dentro das expectativas em relação à evolução dos indicadores operacionais, sobretudo da fibra, e já se observa um início de estabilização da dinâmica de receita, como divulgado nos resultados do segundo trimestre de 2019", diz o comunicado.

Brandão adiciona ainda que a diretoria da operadora, "em observância aos seus deveres fiduciários, avalia continuamente todas as oportunidades para a melhor adequação da estrutura de capital da Companhia e a maximização de seu valor, com várias alternativas em análise, não havendo até o momento, porém, qualquer decisão tomada em relação a qualquer dessas alternativas". 

Assim, a empresa reitera mais uma vez a confiança na execução dos controles de custos e no processo da venda de ativos não estratégicos para o financiamento do plano de investimentos, "que já se encontram em curso e alinhados ao cronograma planejado". Durante teleconferência também na semana passada, Brandão já havia dito que a empresa espera aumentar o Capex para este ano em R$ 500 milhões, totalizando R$ 7,5 bilhões, com foco na fibra e na expansão da rede 4,5G.

Notas

Em outro comunicado, mas desta segunda-feira, 19, a Oi anunciou o resultado mensal do procedimento de registro para detentores das notas legadas, conforme divulgado no dia 20 de maio. O prazo anterior se expirou no dia 9 de agosto, quando esses titulares detinham US$ 13,708 milhões, 17,614 milhões de euros e R$ 11,180 milhões de principal representados pelas notas pendentes registradas como beneficiários do direito da modalidade de pagamento geral. 

Os detentores que desejem se registar na modalidade de beneficiário tem que fazer submissão no website específico e entregar as instruções eletrônicas para o agente de informação e tabulação até as 10h (horário de Londres) do dia 6 de setembro. "Uma nova Instrução Eletrônica deverá ser submetida para cada ISIN Técnico e/ou no CUSIP de Garantia antes da Data do Prazo Final de Instrução Eletrônica Mensal. As posições de quaisquer detentores de Notas Legadas representadas por um ISIN Técnico e/ou CUSIP de Garantia que entregaram as Instruções Eletrônicas válidas até a Data do Prazo Final da Terceira Instrução Eletrônica Mensal serão marcadas em 13 de setembro de 2019."

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.