Netflix perde 1 milhão de assinantes no segundo trimestre, mas mercado comemora

Foto: Divulgação

[Publicado originalmente no Mobile Time] A Netflix (AndroidiOS) registrou uma queda de 970 mil assinantes no segundo trimestre de 2022 na comparação com o trimestre anterior, segundo resultado financeiro divulgado na tarde desta terça-feira, 19. Mas, mesmo com essa redução, a ação da companhia registrou um aumento de 5,61% com o papel negociado a US$ 201,6 no aftermarket da Nasdaq às 17h28 (horário de Brasília).

A alta ocorreu devido à perda de clientes ser menor que o esperado. Em março deste ano, a companhia anunciou que previa um recuo entre 1,5 milhão e 2 milhões de clientes entre o primeiro e o segundo trimestre de 2022, um movimento puxado pela forte competição no mercado de streaming. Na época, a Netflix registrou a perda de 200 mil assinantes, o primeiro revés em uma década.

Por outro lado, na comparação ano a ano, o reporte desta terça-feira mostra que a Netflix teve um aumento de 5,5% no número de usuários, indo para 220,6 milhões, ante 209 milhões do segundo trimestre de 2021. Ainda assim, o resultado tem um recuo contra 221,6 milhões de assinantes que possuía no primeiro trimestre de 2022.

Notícias relacionadas
Total em milhões de assinantes da Netflix do segundo trimestre de 2021 ao segundo trimestre de 2022 (reprodução: Mobile Time)

Por região, Estados Unidos e Canadá foram os mercados onde a Netflix mais perdeu assinantes, com redução de 1 milhão, seguidos por África, Europa e Oriente Médio (perda de 700 mil). Por outro lado, Ásia Pacífico adicionou 1,1 milhão de assinantes e América Latina mais 100 mil, ajudando a compensar os cancelamentos nas outras regiões.

Geral

A Netflix terminou o segundo trimestre com uma receita de US$ 8 bilhões, alta de 9% contra US$ 7,3 bilhões de um ano antes. O lucro operacional registrou um recuo de US$ 1,5 bilhão contra US$ 1,8 bilhão do segundo trimestre de 2021. E o lucro líquido passou de US$ 1,3 bilhão para US$ 1,4 bilhão, incremento de 1,7%.

Importante dizer que o faturamento sofreu um revés de US$ 339 milhões pelo fortalecimento do dólar na comparação com outras moedas estrangeiras. Atualmente, o mercado que engloba EUA e Canadá representa apenas um terço do faturamento da Netflix.

Outro dado interno destacado é o fato de que a quarta temporada da série Stranger Things teve 1,3 bilhão de horas assistidas no primeiro mês de exibição. Com isso, a série se tornou a mais assistida em seu catálogo.

Deixe seu comentário