Brasil lidera adoção de home office entre PMEs, afirma pesquisa

Foto: Pixabay

Uma pesquisa realizada pela plataforma de comparação de softwares Capterra constatou que o Brasil tem liderado a adoção do home-office entre pequenas e médias empresas (PMEs) durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19).

De acordo com o levantamento, seis em cada dez PMEs no mundo adotaram o teletrabalho. Já no Brasil, 77% das PMEs reportaram o home office no início de abril, ou a época em que o confinamento atingiu os índices mais altos no País. A grande maioria (42%) diz que não costumava utilizar a solução antes da crise.

De forma geral, as pesquisa ouviu 4,6 mil trabalhadores de pequenas e médias empresas de nove países: Austrália, Brasil, Espanha, França, Alemanha, Itália, México, Holanda e Reino Unido. As entrevistas foram realizadas entre 4 e 14 de abril.

Enquanto 74% da amostra afirma aprovar a experiência com o teletrabalho, pelo menos um terço dos entrevistados deseja a adoção da solução nas operações de suas empresas mesmo após o fim da crise do covid-19.

Por outro lado, a Capterra (que pertence à consultoria Gartner) observa uma mão de obra "despreparada" frente questões de cibersegurança. Apenas 39% dos entrevistados reportaram o uso de softwares antivírus, enquanto somente 36% adotaram senhas fortes. Já a utilização de firewalls (29%), VPN (28%) ou softwares de segurança de e-mail (22%) seria ainda menor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.