Anatel dá aval a Claro para aumentar capital

A proposta de aumento de capital da Claro recebeu o aval da Anatel, na reunião do Conselho Diretor desta quinta-feira, 19. A elevação será de R$ 170 milhões e se dará por contribuição direta de sócio, elevando o capital social da empresa para R$ 18 bilhões.

A anuência prévia também autoriza o aumento do limite de capital estatutário da Claro para R$ 30 bilhões. Essas alterações no capital social foram pedidas em função da incorporação da Embratel e Net pela Claro.

Segundo o relator, conselheiro Aníbal Diniz, a operação de aumento de capital consiste em elevação de investimentos de 0,28% do capital social atual. Para ele, a capitalização de créditos contra a Claro melhora os perfis de endividamento e investimento da operadora. Além disso, acredita que as operações não prejudicam o ambiente concorrencial.

A anuência prévia, porém, depende da comprovação da regularidade fiscal federal, estadual, municipal e com as taxas da Anatel pela empresa. Diniz propôs apenas a regularização com os tributos da agência, mas foi voto vencido.

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.