Para operadora das Filipinas, m-banking deve se focar em não-bancarizados

Uma das experiências mais bem sucedidas de pagamentos móveis no mundo é a da operadora Global, nas Filipinas. Há mais de dez anos que eles desenvolveram uma plataforma de micro-transferências conhecida como GCash, que tem uma aceitação enorme entre os mais de 60 milhões de filipinos não bancarizados. Mas recentemente a Global deu um passo além e lançou um banco, com capacidade de emprestar e financiar, voltado para o mesmo segmento. O BanKO utiliza toda a rede usuários e plataforma da GCash, e chegou a mais de um milhão de usuários em pouco mais de um ano de operação.

Segundo Cecilia Grace Castillo, executiva da GCash, que participou esta semana do Amdocs Latam Business Summit, em Cancun, o sucesso das duas iniciativas foi o fato de a Global ter se focado no segmento de pessoas sem acesso a bancos mas que transacionam dinheiro, ou em pequenos empresas e profissionais que não tinham como  pagar as tarifas bancárias tradicionais. Segundo a executiva, em entrevista a este noticiário, o foco nesse mercado que não interessa aos bancos foi o que evitou a resistência do sistema financeiro. Além disso, diz ela, o fato de a Global ter começado muito cedo ajudou a formar o ambiente regulatório juntamente com as autoridades das Filipinas sem maiores obstáculos.

Cecília chama a atenção para os problemas de fraudes que começam a  aparecer com mais frequência, mas diz que é possível evitar com sistemas que monitoram constantemente as atividades dos usuários. Ela diz que o próximo passo é a oferta de plataformas de pagamentos para serviços públicos, o que a Global está fazendo, inclusive em consórcio com a sua maior concorrente em telecomunicações. "queremos vender esse tipo de serviço ao governo e a parceria com a nossa concorrência foi importante para garantir o mercado", disse ela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.