ANPD comemora operação da PF que prendeu hacker suspeito por megavazamentos

Em nota divulgada nesta sexta-feira, 19, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) elogiou a operação da Polícia Federal que prendeu o hacker suspeito pelo megavazamento de dados pessoais de 223 milhões de brasileiros. VandaThegod, pseudônimo pelo qual é conhecido, foi preso na manhã desta sexta. Ele supostamente está envolvido no vazamento de dados denunciado pela empresa PSafe em janeiro.

Para a ANPD, a ação da Policia Federal, que contribui com a entidade nas investigações de casos de vazamento de dados, auxilia as apurações administrativas dos megavazamentos em curso dentro dos termos da LGPD. "Ainda que as investigações não tenham sido finalizadas, a identificação de um suspeito e a sua prisão abrem caminhos para que se possa entender como tudo ocorreu especificamente e possam ser estruturadas medidas preventivas, protetivas e de responsabilização cada vez mais eficazes contra esse tipo de incidente de segurança com dados pessoais".

Segundo a Folha de São Paulo, o hacker disse que o banco de dados hackeado não foi do Serasa e sim de uma empresa ligada ao governo. E que estava oferecendo os dados mediantes propostas de pagamentos em bitcoins.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.