Após certificação da CTBC, não haverá mais porque postergar a licença, diz Xavier

Fernando Xavier também disse não ver vínculo no contrato de concessão que impeça a Telefônica de receber novas licenças antes da certificação da antecipação das metas da CTBC Telecom (operadora que atua em algumas das cidades da área III do PGO). De qualquer forma, com a esperada certificação da empresa mineira e com o encaminhamento que a Telefônica diz ter dado às questões apontadas como pendências pela Anatel, "não haverá mais porque postergar a liberação de novas licenças", afirmou. Ele afirma que a Telefônica avaliará que medidas adotar se as autorizações não saírem logo. "A Telefônica foi a empresa estrangeira que mais investiu no Brasil nos últimos anos, com US$ 17 bilhões, e esta antecipação representou um grande esforço adicional de investimentos", ressaltou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.