Confiança da indústria eletroeletrônica recua em fevereiro

Após avançar em janeiro, a confiança da indústria eletroeletrônica medida pelo Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do setor voltou a recuar durante o mês de fevereiro, revelou a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). No segundo mês de 2020, o indicador apontou para 62,3 pontos, ou 1,7 ponto abaixo do resultado de janeiro.

O principal fator para a queda, afirma a Abinee, foi o sentimento da cadeia eletrônica: no segmento, a retração ficou 2,6 pontos (de 63,5 para 60,9 pontos). Já na indústria elétrica, o recuou foi menor: 0,9 ponto, passando de 64,5 para 63,6.

Notícias relacionadas

Ainda assim, a Abinee destacou o fato do ICEI de fevereiro ter permanecido acima da linha dos 50 pontos pelo décimo nono mês consecutivo. O índice varia de 0 a 100 pontos, sendo que valores acima de 50 pontos indicam confiança do setor.

Coronavírus

Em comunicado, a Abinee não fez conjecturas sobre fatores que possam ter influenciado a confiança eletroeletrônica em fevereiro (o índice considera tanto as condições atuais quanto as expectativas). De todo modo, a epidemia de coronavírus que atingiu a China chegou a influenciar a cadeia no período, uma vez que a paralisação de fábricas no país asiático acarretou um desabastecimento em parte da indústria eletrônica brasileira. Vale lembrar que o cenário econômico com altas recordes sucessivas do dólar também poderia afetar o índice.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.