Ericsson aposta em softwares para melhorar eficiência de rede

Focando principalmente na melhoria da eficiência de rede por meio de softwares, a Ericsson lançou nesta quinta-feira, 19, uma série de produtos destinados a companhias e operadoras e que serão demonstrados na Mobile World Congress (MWC 2015), que acontece em Barcelona na primeira semana de março.

Durante o evento, a Ericsson lançará a sua nova arquitetura modular para redes móveis, a Radio System, que traz tecnologia multipadrão, multibanda e multicamadas. A companhia afirma que o equipamento poderá trazer três vezes mais capacidade de densidade com 50% de melhoria na eficiência energética, reduzindo o custo total de posse (TCO, na sigla em inglês) em 20%. A plataforma inclui produtos para células macro e pequenas, sistemas de antena, transporte IP, nós de micro-ondas, trilhos e outros equipamentos de sites. Dentro disso, a companhia está incluindo o Radio 2203, um sistema de microcélula para aplicações outdoor, e a Baseband 5216, que suporta simultaneamente modos FDD e TDD e até 80 mil acessos.

A primeira aplicação da Radio System irá rodar a plataforma Ericsson Networks Software 15B (release B, 2015), que é uma atualização de software para o hardware de basebands digitais de LTE para suportar operações TDD e FDD simultaneamente. A companhia afirma que o lançamento entrega capacidades de acesso de rádio, nuvem e virtualização (NFV), além de gerenciamento de rede e controle de domínio, prometendo acelerar o desempenho da rede. Traz ainda um controle personalizado para chamadas em Wi-Fi e handover com LTE.

A plataforma traz também o Virtual Router para conferir agilidade na implantação do serviço baseado em uma arquitetura modular, oferecendo redundância e escala. Há ainda o LTE Psi, que permite o compartilhamento de acesso por rádio (RAN Sharing) por até três antenas – segundo a Ericsson, isso aumenta a eficiência energética de uma célula LTE em até 40%. Para o WCDMA/HSPA, há melhorias para cobertura de aplicações, como multiponto coordenado para uplink, que aumenta a capacidade em 20%, e o agendamento de baixa latência para uplink, que poderia aumentar o throughput inicial em até 40%, ainda de acordo com a companhia sueca.

A oferta Digital Telco Transformation combina integração de serviços de consulta e sistemas com portfólio OSS/BSS de maneira flexível. Outra solução de software é o Expert Analytics 15.0, que entrega serviço de indexação para complementar o net promoter score com índices de satisfação do usuário. A suíte permite prever esses parâmetros e tomar ações de perto para melhora-los.

Por sua vez, o Media Delivery Network (MDN) permite cache virtualizado, otimização do gateway e framework para conectividade na entrega de conteúdo gerenciado ou não em redes fixas e móveis. Trata-se de um pacote de soluções de software que endereça desafios de redes de entrega de conteúdo (CDNs), como melhoria na eficiência de rede, melhor qualidade de experiência e serviços de valor adicionado (SVA).

Já o serviço App Experience Otimization permite às operadoras otimizarem suas redes para atender as demandas de um ecossistema de aplicativos ao correlacionar a experiência local dos softwares com os KPIs de rede locais. Com ferramentas de design e otimização, é possível melhorar a experiência com apps, aumentando a eficiência de rede – em especial em áreas com baixa capacidade de banda.

A série Router 6000 visa disponibilizar conectividade para o LTE-Advanced, a comunicação máquina-a-máquina (M2M) e o futuro padrão 5G. A ideia é fornecer o transporte de rádio junto com a funcionalidade de redes definidas por software (SDN) e da plataforma Network Manager para permitir instalação plug-and-play.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.