Teles e emissoras devem apresentar proposta de acordo ao Gired

Teles e emissoras de TV, depois dos atritos no final de 2015 que inviabilizaram um acordo sobre o processo de desligamento da TV analógica e garantia de liberação da faixa de 700 MHz para a banda larga móvel, voltaram a tentar um acordo e tudo indica que devem chegar à reunião do Gired desta semana com uma proposta de consenso, que viabilizaria um novo cronograma. A proposta que estava sendo costurada prevê, conforme adiantou o diretor geral da EAD, Antônio Carlos Martelletto, o desligamento de cerca de mil cidades. São, na verdade, as capitais e respectivos clusters metropolitanos (por conta das questões de interferência) e outras 15 cidades e regiões metropolitanas onde o desligamento é essencial para a liberação da faixa de 700 MHz. A proposta prevê ainda, para estas cidades, a distribuição de receptores de TV digital mais simples (sem interatividade) a todos os domicílios previstos no Cadastro Único e a distribuição do receptor completo aos beneficiários do Bolsa Família. O desligamento nessas cidades aconteceria até 2018, e as demais aconteceriam até 2023, como querem os radiodifusores.

Outra novidade da proposta é oficializar Brasília como uma cidade-piloto, o que significa que se a cidade não puder ser desligada por não ter atingido os parâmetros mínimos necessários em 2016, haverá uma nova rodada de negociações. A proposta prevê ainda a redução do percentual mínimo de domicílios aptos para 90%, a inclusão de uma parte do mercado dos domicílios atingidos pela TV por assinatura nesse cálculo e as transmissões, e em 16:9, das imagens analógicas, para que haja espaço para publicidade invasiva sem sobrepor a imagem exibida. Mas até o fechamento desta edição ainda havia dúvidas, entre as teles, se não deveria ser colocado algum mecanismo mais rigoroso de divulgação, de modo a assegurar o atingimento das metas

4 COMENTÁRIOS

  1. Tá, e Rio Verde (GO) como é que fica nessa história? Quem nos garante que não haverá nenhum atropelo a partir de 2017?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.