Eduardo Levy assume relações institucionais da Oi

Eduardo Levy assume relações institucionais da Oi

Eduardo Levy assumirá a liderança das relações institucionais da Oi em Brasília. "Ele passa a integrar o time Oi num momento em que a empresa está em processo de transformação de seu negócio, com um plano estratégico que tem foco na massificação da fibra ótica no país", destaca a empresa em comunicado. Levy foi por 10 anos responsável pela presidência executiva do SindiTelebrasil (hoje Conexis) e deixou a entidade no segundo semestre de 2019. Antes disso, atuou por mais de 30 anos no setor como diretor da Embratel (tanto em sua fase pós privatização quanto ainda no Sistema Telebrás) e também como diretor da Telerj e da Telebras.

Levy assume no lugar de Roberto Blois, que por cinco anos desempenhou a função. Anteriormente Blois havia sido diretor da Brasil Telecom, função que assumiu depois de retornar ao Brasil com um relevante currículo internacional, incluindo os postos de secretário-executivo da Comissão Interamericana de Telecomunicações da OEA e Vice-Secretário Geral da União Internacional de Telecomunicações (UIT).

Em comunicado, a Oi informa:

"A Oi anuncia a chegada de Eduardo Levy para liderar a função de Relações Institucionais da companhia, baseado em Brasília. Ele passa a integrar o time Oi num momento em que a empresa está em processo de transformação de seu negócio, com um plano estratégico que tem foco na massificação da fibra ótica no país. Em setembro a Oi aprovou em Assembleia Geral de Credores um aditamento a seu plano de Recuperação Judicial, que prevê a venda de ativos para intensificar os investimentos em fibra e reduzir a dívida, garantindo a sustentabilidade do negócio. Com a boa execução do plano estratégico – a companhia foi a única entre as principais operadoras a aumentar participação no mercado de ultra banda larga por fibra ótica em 2020 –, a Oi tem como objetivo se transformar em uma das mais relevantes empresas de infraestrutura e serviços digitais do país.

Levy assumirá a função que vinha sendo desempenhada nos últimos cinco anos por Roberto Blois, que optou por deixar a empresa para desenvolver projetos pessoais. Blois foi Diretor de Relações Institucionais e Diretor de Assuntos Regulatórios da Brasil Telecom (BrT) e, depois que esta foi incorporada pela Oi, assumiu na nova empresa a função de Diretor de Políticas Setoriais, passando posteriormente a diretor de Política Regulatória e Setorial da Oi. Ele também teve atuação em organismos internacionais, como secretário-executivo da Comissão Interamericana de Telecomunicações da OEA e Vice-Secretário Geral da União Internacional de Telecomunicações (UIT).

O trabalho que Blois vinha conduzindo na Oi terá continuidade com Eduardo Levy, que acumula 44 anos de experiência no setor. Engenheiro formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Levy ocupou funções executivas em empresas públicas e privadas, como Telerj (antiga estatal fluminense, que no processo de privatização das teles seria incorporada pela Telemar, atual Oi), Telebrás e Embratel. Teve atuação também em entidades setoriais, exercendo a presidência-executiva da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) e do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil, atual Conexis).

Levy chega à Oi num momento em que o setor discute temas essenciais para destravar investimentos e ter papel ainda maior no desenvolvimento do país – papel este que ficou muito evidente com a pandemia da Covid-19, com a necessidade de aceleração da digitalização tento no setor público quanto no privado. Entre os grandes temas atualmente em discussão estão o PGMU V, o Regulamento de Continuidade da Prestação do STFC, a regulamentação da Adaptação do Modelo (Lei 13.879/19), a revisão do modelo de tributação dos serviços de telecom, uso do FUST para ampliação da conectividade, processos de consolidação do mercado e o leilão das frequências do 5G, entre outros".

2 COMENTÁRIOS

  1. Como ex funcionário da Oi vejo com muita alegria a contratação do Eduardo Levy.
    Levy participou das mais relevantes evoluções da indústria de telecom no Brasil e tem todas as qualidades profissionais e pessoais para enfrentar os desafios dessa função.
    Registro aqui, também, o meu reconhecimento ao ex colega Roberto Blois. Todos os que convivemos com ele sabemos das suas qualidades profissionais e, sobretudo, pessoais.
    Desejo sucesso ao Levy nas novas atividades na Oi e ao amigo Roberto Blois, da mesma forma, em seus projetos pessoais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.