Vivo leva conectividade para produtora de sementes no Mato Grosso

Braço B2B da Telefônica Brasil, a Vivo Empresas está iniciando um projeto de conectividade para levar cobertura móvel 4G e redes para aplicações de Internet das Coisas (ou IoT, na sigla em inglês) à operação no Mato Grosso da Atto Sementes, especializada na produção de sementes de soja e milheto.

A infraestrutura de conexão inclui a cobertura móvel de quarta geração e as redes Narrow Band IoT (NB-IoT) e Long Term Evolution for Machines (LTE-M). O serviço será prestado na região do Alto Garças, compreendendo as cidades de Itiquira, Guiratinga e Pedra Preta, onde a Atto Sementes tem operações.

A Vivo nota que a rede NB-IoT deve favorecer sobretudo a conexão de aplicações de caráter meteorológico, como sensoriamento do clima, medição de umidade do solo e da incidência solar. Já a tecnologia LTE-M deve auxiliar aplicações que demandam mais mobilidade, como telemetria de maquinários agrícola – incluindo tratores, implementos, colhedoras e colheitadeiras. Além das redes, a Atto Sementes também utilizará Vivo Kite Plataform, plataforma própria de gestão de dispositivos IoT da operadora de telecom.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.